Saiba como os cibercriminosos estão promovendo ataques DDoS em troca de Bitcoin

Saiba como os cibercriminosos estão promovendo ataques DDoS em troca de Bitcoin

Ataques DDoS usados para extorsão: veja como essa modalidade está crescendo e a melhor forma de mitigar esse risco na sua empresa!

Todo profissional que lida com redes corporativas precisa se preocupar diariamente com o risco de ataques e tentativas de invasão por cibercriminosos. Como você e a sua empresa se preparam para o mais comum deles?

Os ataques DDoS são frequentes, relativamente simples de serem realizados e podem causar impactos negativos sérios em um negócio.

Para que você fortaleça a proteção do seu sistema contra esse tipo de ação criminosa, contamos com a ajuda de Leandro Camargo, Network and Operations Manager da UPX, para entender melhor o que é DDoS, suas consequências e como diminuir esse risco. Vamos começar?

Como funcionam os ataques DDoS?

A expressão ataque DDoS, ou ataque de negação de serviço, não é um método específico de comprometimento de rede. É mais um conceito genérico e amplo de qualquer ação que cause justamente o efeito de negar algum serviço que dependa da conexão com a internet.

O que causa essa negação é a sobrecarga do servidor, serviço ou rede por um volume absurdo de requisições a uma determinada página ou recurso ao mesmo tempo, mais do que seu limite de capacidade.

Isso geralmente é feito com as chamadas "máquinas zumbis": outros equipamentos como computadores em redes vulneráveis que são invadidos e programados pelo cibercriminoso, geralmente por meio de botnets, que realizam vários acessos a um endereço ao mesmo tempo, por exemplo.

O resultado é a indisponibilidade, impedindo que colaboradores internos ou o público externo acessem o site, serviço ou infraestrutura que foi alvo do ataque.

Por sua natureza, o ataque DDoS pode ser feito de diversas formas. Por isso é tão difícil remediá-lo. Leandro faz uma analogia interessante para entender:

"Combater o DDoS é como vencer uma doença com uma vacina. Você elabora a vacina agora, mas ela não vai servir para uma nova modificação do agente na próxima doença que vier. Todos os dias surgem novas maneiras de executar um ataque de negação de serviço."

Ou seja, preparo e medidas antecipadas ainda são a melhor forma de mitigar esse risco e não sofrer as consequências de um ataque bem-sucedido.

Quais são as consequências de um ataque DDoS?

Então vamos falar da importância dessas medidas. Ataques de negação de serviço podem afetar a empresa de maneira irreversível.

Indisponibilidade e danos à marca

Com a disponibilidade de um serviço afetada pelos ataques, a experiência do usuário passa a ser negativa e a dificuldade na entrega pode prejudicar a imagem da empresa não só para os que já são clientes como também pode afastar novos consumidores, que acreditam que o problema é relacionado à qualidade do site/serviço em questão e não que as ocorrências são consequências de um ataque DDoS.

Sem essa confiança do público e instituições, muitos negócios se veem obrigados a sair do mercado.

Como os cibercriminosos estão promovendo ataques DDoS em troca de bitcoins?

Existe outra consequência que vem se tornando comum nos últimos anos e que queríamos destacar nesta conversa. Estamos falando da extorsão feita por cibercriminosos usando o DDoS como ameaça.

Como Leandro conta, esse tipo de crime já é comum para o sequestro de dados: quando um sistema de uma empresa é invadido e suas informações são criptografadas pelo criminoso, exigindo-se o pagamento de uma quantia para a liberação dos arquivos.

Mas recentemente isso se tornou um problema também para a negação de serviço. Funciona assim:

  • o criminoso realiza um primeiro ataque DDoS para comprometer o servidor da empresa;
  • um e-mail é enviado assumindo a autoria do ataque e ameaçando a execução de outro com maior intensidade em determinado prazo caso não seja paga uma quantia em bitcoins;
  • se não houve o pagamento, o DDoS continua com frequência e intensidade crescentes para obrigar a empresa a tomar uma ação contra sua vontade: pagar para restabelecer o serviço.

O gerente da UPX conta que esse tipo de ataque é geralmente direcionado a negócios com maior receita e que dependem da disponibilidade para seu serviço. É o caso, por exemplo, de provedores em grandes cidades.

Dessa forma, a empresa que não tem uma infraestrutura preparada pode ficar em uma situação difícil: combatendo diariamente a instabilidade de seus servidores sem poder mais dar atenção a outras necessidades cruciais do negócio, como vendas e entrega do serviço ou produto aos clientes.

O que fazer se um hacker entrar em contato pedindo dinheiro em troca de parar os ataques?

Como Leandro explica, é muito difícil rastrear a origem desse tipo de ataque. O uso de contas recém-criadas de e-mail e o próprio modelo de transação da bitcoin tornam essa investigação demorada e complexa.

Mesmo assim, é importante alertar as autoridades assim que o pedido de resgate for realizado. Além de ser tipificada como extorsão, esse tipo de ação é passível de enquadramento na Lei 12.737 de 2012.

Além disso, claro, é preciso buscar soluções internas e externas para se proteger. Na maioria dos casos, o prazo dado por cibercriminosos é pequeno exatamente para que não haja tempo de reação das equipes de TI e segurança.

Mesmo assim, ainda é possível buscar auxílio tecnológico nesse intervalo. Mas nenhuma dessas soluções será tão eficiente quanto uma ação preventiva de qualidade, que conta com a proteção da rede via mitigação de ataques DDoS. No caso desse tipo de solução de proteção, a rede não é derrubada pelos atacantes enquanto um ataque está ocorrendo porque ela é capaz de segurar o ataque, filtrando o que é malicioso e entregando o tráfego limpo.

Como se prevenir desses ataques DDoS?

Prevenção é a palavra-chave no assunto. Leandro concorda e afirma que "muitas empresas só buscam uma solução contra incêndios quando já estão pegando fogo".

Portanto, a única forma de lidar com a ameaça é contratar um serviço de proteção de DDoS de qualidade, que seja capaz de filtrar e escoar esse tráfego sem que ele atinja diretamente os servidores e serviços da empresa.

Soluções como a da UPX conseguem fazer esse escudo para o seu sistema, deixando passar apenas as requisições legítimas ao serviço.

Mas não apenas isso, esse serviço também é capaz de identificar a origem de tráfego do ataque (os zumbis) e notificar a empresa que está apresentando a vulnerabilidade que permite o DDoS.

Portanto, investir no DDoS Defense é uma garantia de segurança para você e uma grande colaboração para a diminuição de ataques bem-sucedidos de cibercriminosos. A prevenção é sempre o melhor remédio.

Que tal, então, conhecer mais da nossa solução e nossa tecnologia? Entre no site da UPX e converse conosco!

Leia mais

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades da UPX!
Cadastrado com sucesso! Obrigado.
Oops! Ocorreu um problema, tente novamente.